sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Fantasma de doutor assassino assombra hospital psiquiátrico abandonado


Quando foi inaugurado, em 1932, o Hospital Psiquiátrico Poole era um dos mais importantes da Inglaterra, mas hoje seus corredores são assombrados pela figura sinistra de um médico fantasma capaz de gelar a espinha.

Na imagem mais famosa feita do local, leitores do jornal inglês Gazette se disseram assustados com a figura! Um dos leitores, assombrado, disse: "Olhei pra imagem várias vezes e lá estava um ser de branco assombrando tudo".

Mas não é à toa que o local é assombrado, uma vez que um passado sinistro ronda a instituição. Não apenas pela rotina básica de um sanatório, mas por torturar internos e aplicar choques elétricos em doses muito mais fortes que as aprovadas por registros médicos. Localizado no norte da região de Middlesbrough, o hospital tem uma história controversa do início ao fim.

Primeiro ele abrigou um hospital contra a tuberculose, onde diversas pessoas morreram de forma bizarra. Acredita-se que os médicos utilizavam o local para pesquisas que não eram aprovadas em outras instituições médicas. O resultado foram muitas mortes! Torturados, os detentos depredavam seus quartos, davam berros e destruíam o ambiente. Muito desse assombro ainda existe no local. O Sanatório Poole foi fechado em 1989, com várias acusações pesadas nos próprios ombros.

Mas as atividades bizarras não pararam de pipocar por lá! Com certa frequência, grupos de adolescentes e jovens aparecem no local em busca de aventura. O que eles encontram por lá é exatamente o tipo de imagem como a foto! A maioria das fotos foi tirada nos anos 90 e vez ou outra aparecem em fóruns de fatos assustadores. Mas a última aparição do fantasma do Dr. Morte é recente.

Inclusive, muitos caçadores de fantasma amadores desencavaram a história de um médico do sanatório que parece saído de histórias de terror. Segundo um deles, existia por lá um certo Dr. McCarthy que registros não oficiais apontam como "envolvido em múltiplos assassinatos".

Através do Facebook, Shona Robertson comenta como vivenciou momentos de terror ao explorar o sanatório em um fim de semana de 2009. "Fomos perseguidos pelo que parecia uma criatura fantasmagórica", contou. Ela ainda afirma que ficou "com medo de viver seu próprio projeto Bruxa de Blair". Não é para pouco, com um cenário sinistro como esse ao fundo! Segundo um dos policiais locais, o sanatório foi utilizado pela polícia para treinamento de cães, mas coisas bizarras aconteciam!

Os cachorros simplesmente se recusavam a ir para alguns locais do sanatório. O principal local do medo era esse, onde os internos mais avançados ficavam e o medo imperava. Já Keith Shorten era um dos que faziam a segurança do sanatório nos últimos anos antes do fechamento e conta que o caos imperava ao ponto de internos psicopatas conseguirem fugir. O conselho dele é um só: fique longe de lá.

Fonte: R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...