sábado, 5 de julho de 2014

''Bola de fogo'' corta os céus do Reino Unido



Uma enorme bola de fogo foi vista cortando os céus do Reino Unido na madrugada de hoje, embora não tenha causado nenhum dano serve como lembrete de como somos vulneráveis à objetos vagantes do Espaço.

A descoberta foi feita pelas câmeras do Observatório de Lockyer Norman em Sidmouth, Devon às 03:04 BST.

Dave Jones do UK Meteor Observation Network (UKMON), disse que essa foi a maior bola de fogo descoberta pelo observatório.

Os astrônomos do observatório ouviram falar que uma ''estrela massiva'' tinha sido vista cruzando os céus há pouco tempo, ao analisarem suas câmeras, viram que às 03:04 BST uma enorme bola de fogo realmente estava cruzando os céus.

"Felizmente, o meteoro passou na frente de ambas as nossas câmeras, então obtivemos dois vídeos do mesmo evento. Devido às nuvems e as gotas de chuva sobre as lentes das câmeras, as imagens não eram tão claras como gostaríamos, no entanto, o tamanho e a luminosidade deste objeto queimando em nossa atmosfera e ofuscando em nossas câmeras, mostrou o quão brilhante ele era." disse Jones

Segundo os relatórios, após entrar na nossa atmosfera o meteoro se desfez.

A entrada do meteoro lembrou os astrônomos do evento de Tunguska, onde em 30 junho de 1908 uma explosão gigante ocorreu sobre o rio Tunguska, na Rússia, o causado por um asteroide ou cometa que explodiu na atmosfera. 770 milhas quadradas (2.000 quilômetros quadrados) de floresta foi completamente destruída.

Fonte: Scienceblux
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...