sábado, 22 de março de 2014

A extinção dos dinossauros. Físicos de Harvard criam teoria que explica fenômeno de uma outra forma


Os dinossauros, sua época e seu completo desaparecimento, são tema de diversas teorias e estudos. A mais nova surgiu com base na física, e defende que a extinção deles na Terra ocorreu em função de um evento recorrente na história do planeta: um bombardeio de meteoros. O episódio catastrófico teria sido causado pela matéria escura, e aconteceria a cada 35 milhões de anos.

Os físicos Lisa Randall e Matthew Reece, da Universidade de Harvard, apresentaram a teoria com base em estudos recentes. Na primeira hipótese, tudo isso acontece em função da existência de uma fina camada de matéria escura situada no meio da nossa galáxia. Essa membrana seria responsável por grande parte dos impactos de meteoros que ocorrem na Terra. De períodos em períodos, causariam a extinção massiva das espécies, incluindo os dinossauros. Ao longo da história planetária, o fenômeno haveria ocorrido ciclicamente, em diversas ocasiões.

A razão do fenômeno seria o movimento oscilante produzido em nosso sistema solar. A cada 35 milhões de anos, a camada de matéria escura passa novamente pelo centro. Essa passagem resulta em uma pressão gravitacional que repercute nos cometas da nuvem de Oort, causando uma chuva de meteoros sobre a Terra. A dedução dos cientistas de que o fenômeno ocorre em ciclos de 35 milhões de anos se baseia em evidências obtidas no estudo das crateras de mais de 20 quilômetros de diâmetro. Entretanto, a precisão do número pode não ser garantida.

Apesar do caráter hipotético da teoria de extinção dos dinossauros, estima-se que a existência definitiva da matéria escura poderá ser comprovada em estudos astronômicos próximos. E assim, os cientistas poderão entender mais, e de melhor forma, o comportamento de nosso sistema solar e seu ciclo de vida.

Fonte: Seu History
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...