quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Escocês é diagnosticado com 'atraso crônico'

Durante 57 anos, Jim Dunbar vem sendo criticado pelos seguidos atrasos. Ele já perdeu a hora para trabalhar, para um primeiro encontro, para jantar com amigos, para ir a enterros, para se consultar com médicos... E o atrasado perdeu a conta da vezes.

Só que agora, finalmente, Jim, morador de Forfar (Escócia), tem uma desculpa: ele sofre de "atraso crônico".

Sim, o escocês tem uma doença por trás dos atrasos. A síndrome do atraso crônico atinge a mesma parte do cérebro afetada pelo Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH).

"Eu sempre me culpei e pensava: Por que nunca chego na hora certa? Perdi vários trabalhos. Eu posso entender a reação das pessoas e por que elas não acreditam em mim", desabafou o escocês, em reportagem do "Daily Mail".

Mesmo com o diagnóstico, Jim ainda luta para minimizar os seus atrasos. Recentemente, Jim se preparou para ir ao cinema em Dundee onze horas antes do início da sessão. Mesmo com todos os cuidados...

"Eram 8h15m e a sessão comçaria às 19h. Eu tinha onze horas para me aprontar. Sabia que estava indo lá, mas cheguei 20 minutos atrasado", contou.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...