terça-feira, 4 de agosto de 2015

“Margaridas mutantes” crescem em Fukushima


O caso das “margaridas mutantes”, que crescem próximo à planta nuclear de Fukushima, surpreende e coloca os cientistas em alerta, ao revelar deformações significativas nas flores. Embora os estudos relacionados ao assunto ainda não permitam estabelecer claramente as causas das mutações nos botões da flor, as imagens, registradas e publicadas pelo japonês @san_kaido, no Twitter, sugerem que isso poderia estar relacionado às radiações provenientes da planta de Fukushima.

As “margaridas mutantes” não seriam a primeira alteração detectada após a catástrofe nuclear, causada pelo violento tsunami de 2011. Em 2014, vários estudos demonstraram uma redução drástica da população local de mariposas, além do aumento significativo da taxa de mortalidade e de anomalias morfológicas desses insetos.

Os cientistas continuam investigando o caso das margaridas, já que as causas de sua mutação podem estar relacionadas a outros motivos além da radiação.

Fonte: Science Alert
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...