sábado, 19 de julho de 2014

O "Jogo da Morte": mito e mistério da Segunda Guerra segue vivo após mais de 70 anos


O atual Estádio Zenite, em Kiev, na Ucrânia, esconde uma história em torno de um dos jogos de futebol mais infames de todos os tempos, cujo desfecho dos fatos segue um completo mistério.

O confronto, apelidado de Jogo da Morte, foi disputado há mais de 70 anos, exatamente no dia 9 de agosto de 1942. Na época, o local era chamado de Estádio do Start, em que o time local, o Start (formado por trabalhadores de padaria ucranianos, que também jogavam profissionalmente), enfrentou a equipe Flakelf, ou Flak 11, que seria composta por uma equipe militar alemã, que poderia ser da artilharia ou de unidades da Luftwaffe.

Naquela época, a região era ocupada pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. E, de acordo com a lenda, os alemães avisaram a equipe local, com antecedência ou no intervalo, de que era melhor que os donos da casa perdessem a partida, conselho que os ucranianos prontamente ignoraram - venceram o confronto por 5 a 3.

Como consequência, os principais membros do Start teriam sido mortos. Em relação ao placar final da partida, parece que, de fato, este foi o resultado final, contudo, sobre o destino dos jogadores ucranianos existe ainda um longo duelo de versões.

De acordo com alguns relatos, quatro ou cinco jogadores do Start morreram num período de até seis meses depois do jogo.

Mas eles teriam sido mortos por causa da disputa? A verdade permanece indefinida, já que não há mais participantes vivos da partida. Um jogador que popularizou a lenda, Makar Goncharenko, contava tantas tantas versões da história como o número de gols do jogo, ajudando na criação do mito.

Goncharenko, acredita-se, era o último participante do jogo que estava vivo - ele morreu em 1998. Muitos acadêmicos e jornalistas descartam a lenda do “jogo da morte” e acreditam que ela tenha sido criada como propaganda da era soviética.

Mas muitos parecem despreocupados com a verdade e abraçam a lenda como um símbolo de patriotismo da Ucrânia, país que perdeu entre 800 mil a um milhão de pessoas durante a guerra e passou pela fome, em que pessoas tinham que comer cascas de árvores e esterco de vaca para sobreviver.

De acordo com uma fotografia, amplamente divulgada, os jogadores de ambas as equipes estariam posando junto depois da partida, alguns deles sorrindo.

Contudo, até as condições em que esta foto foi tirada estão em discussão, já que alguns acreditam que ela foi batida pouco antes da partida ou em qualquer outro jogo que poderia ter sido disputado anteriormente.

Também não seria verdade que os jogadores do Start escaparam em massa, como já chegou a ser retratado no cinema, no filme Fuga para a Vitória (Victory, 1981), com Sylvester Stallone, Michael Caine e Pelé.

Ficção ou não sobre o que teria acontecido naquele dia, o chamado “Jogo da Morte” ainda segue com muitos dos seus mistérios vivos depois de mais de 70 anos.

Fonte: History
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...