sábado, 30 de maio de 2015

Israel encontra durante obra em Jerusalém aqueduto construído há mais de 2.000 anos


Achado é da época do reino Asmoreu, que governou a região entre 140 a.C. e 37 a.C, e foi durante muito tempo principal fonte de água da cidade.

Autoridades de Israel descobriram, durante a instalação de um sistema de encanamento em Jerusalém, ruínas de um aqueduto construído há mais de 2.000 anos. O achado, feito na semana passada, é da época do reino Asmoreu, que governou a região entre 140 a.C. e 37 a.C.

O órgão responsável pela preservação das antiguidades do país escavou a área logo após encontrar as ruínas. De acordo com Ya’akov Billig, diretor da operação, o aqueduto é parte de um sistema que tem quase 21 km de extensão. “[O aqueduto] Operou intermitentemente até cerca de cem anos atrás. Apesar da extensão, ele flui ao longo de um declive muito suave, em que o nível da água desce apenas um metro por quilômetro”, afirmou.

No passado, o aqueduto transcorria por áreas abertas, hoje ocupadas pela cidade. Ele era uma das principais fontes de água de Jerusalém e por isso, afirma a Autoridade de Antiguidades de Israel, foi conservada por quase dois mil anos até ser substituído por um sistema operado eletronicamente.

Fonte: Opera Mundi
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...