sábado, 21 de dezembro de 2013

Gatos foram domesticados quando iam caçar ratos há mais de 5 mil anos


A análise de fósseis de gatos que viveram em um vilarejo chinês há cerca de 5,3 mil anos corrobora a principal teoria sobre como os felinos selvagens tornaram-se os gatos domesticados que conhecemos hoje em dia.

Os resultados da pesquisa conduzida pela Universidade de Washington foram publicados nesta segunda-feira (16) na revista científica "Proceedings of the National Academy of Sciences" (PNAS).

A teoria dominante sobre como os gatos selvagens se transformaram ao longo dos anos defende que foi o apetite dos felinos que os colocaram no caminho da domesticação.

O grão armazenado pelos antigos agricultores funcionava como um ímã de roedores. E isso atraía gatos selvagens aos vilarejos. Ao longo do tempo, gatos selvagens se adaptaram à vida nos vilarejos e se tornaram mais dóceis ao redor dos humanos.

Isso aconteceu no Oriente Médio, e não na China. Mas os ossos encontrados em vilarejos chineses corroboram a ideia de que os felinos assumiram a função de controle de pestes na antiguidade, segundo a pesquisadora Fiona Marshall, da Universidade de Washington, uma das autoras da pesquisa.

O estudo, focado em um vilarejo agrícola no norte da China, aborda um período pouco compreendido na história dos gatos. A primeira evidência de gatos domesticados só foi aparecer muito depois do período analisado, há cerca de 4 mil anos, quando eles começaram a aparecer na arte egípcia.

O que acontecia nesse vilarejo?

Pesquisadores encontraram sinais de que os roedores estavam ameaçando o estoque de grãos do vilarejo. Os locais de armazenamento eram feitos para mantê-los fora, mas os roedores conseguiam cavar até atingir a cova de armazenamento de grãos.

Os ossos dos antigos gatos apresentam sinais químicos que indicam que eles comeram animais que, por sua vez, tinham se alimentado de milho, grão sabidamente cultivado pelos aldeões da época. Então, aparentemente, os gatos realmente apareceram na região porque foram atrás dos roedores.

Ainda não está claro se os gatos eram de uma população selvagem ou se já eram domesticados e tinham sido trazidos de outro lugar, segundo Fiona. De qualquer maneira, a pesquisa mostra que os ossos dos gatos antigos corroboram a hipótese sobre como começou a domesticação dos felinos.

Greger Larson, da Universidade de Durham, na Inglaterra, chamou o novo trabalho de "um importante passo adiante". Segundo ele, poucos estudos se concentraram na história da domesticação dos gatos.

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...