sábado, 28 de março de 2015

Túmulo de príncipe celta é desenterrado na França




Em uma pequena cidade da França, o túmulo de um príncipe celta da Idade do Ferro foi desenterrado recentemente.

Repleta de artefatos gregos e etruscos, o túmulo foi descoberto em uma zona comercial na periferia de Lavau, na região da Champagne, na França. O príncipe foi enterrado no centro de um grande monte e deve ter morrido no Século 5 A.C.

Uma equipe do Instituto Nacional de Pesquisas Arqueológicos (INRAP), da França, estava procurando por vestígios arqueológico no local desde outubro do ano passado.

O presidente do INRAP, Dominique Garcia, contou à imprensa que o achado mais interessante foi um grande caldeirão decorado em bronze, que era provavelmente utilizado para armazenar vinho diluído (o que era comum entre os celtas).

O caldeirão possui alças circulares decoradas com cabeças em bronze que veneram o deus grego Acheloos. Além disso, a borda do artefato possui oito cabeças de leão.

Os pesquisadores ainda encontraram uma série de outros artefatos dentro do túmulo, como cerâmicas, decorações de veneração a deuses gregos (como Dionísio) e uma colher de prata, que possivelmente fazia parte de uma série de utensílios utilizados para filtrar o vinho.

Garcia explicou que os artefatos encontrados ajudam a entender as negociações que haviam entre os povos do Mediterrâneo e os Celtas.

De acordo com o INRAP, a descoberta é uma das maiores já registradas daquele período. Além disso, o Instituto prometeu que as escavações terminarão até o final do mês, com algumas novidades ainda podendo aparecer.

Fonte: Climatologia Geografica
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...