segunda-feira, 2 de março de 2015

Fóssil encontrado no Quênia revela origem do hipopótamo





Segundo estudo, um dos grandes mistérios da paleontologia é desvendado: quais são os ancentrais do hipopótamo. O mamífero subsaariano provém dos antracoterídeos e é parente próximo de baleias e golfinhos.

A origem do hipopótamo era um dos grandes enigmas da paleontologia. No entanto, em estudo divulgado na terça-feira (24/02) na revista científica Nature, pesquisadores afirmaram que ancestrais do hipopótamos provavelmente tenham nadado da Ásia à África cerca de 35 milhões de anos atrás, muito antes da chegada do leão, rinoceronte, zebra e girafa.

No mundo científico se discutia se o hipopótamo é relacionado à subordem dos mamíferos artiodátilos suiformes, como os porcos as girafas, ou a uma família extinta de cetáceos primitivos, da qual provém a baleia e o golfinho.

"A origem do hipopótamo era um mistério até então", disse o paleontólogo da Universidade Francesa de Montpellier e coautor do estudo, Fabrice Lihoreau.

"Agora podemos afirmar que os hipopótamos vieram dos antracoterídeos." Antracoterídeos eram mamíferos semiaquáticos, herbívoros e com patas com cascos angulados.

Até então, o mais antigo fóssil conhecido de um ancestral do hipopótamo era datado de cerca de 20 milhões de anos atrás, enquanto restos de cetáceos possuem idades de 53 milhões de anos.

Com base em achados paleontológicos, cientistas há muito tempo relacionavam os hipopótamos à família dos Suidae (suínos), mas o DNA sugeria que eles eram parentes das baleias.

No entanto, a enorme lacuna de idade entre hipopótamos e cetáceos no registro de fósseis tinha deixado os especialistas perplexos.

"Isso significava que ou nós nunca havíamos encontrado ancestrais dos hipopótamos, ou nós não os reconhecemos entre os fósseis de mamíferos que já tínhamos", disse Lihoreau.

Mas, os restos de um animal de 28 milhões de anos, descoberto no Quênia, têm proporcionado uma importante peça deste quebra-cabeça, segundo o estudo divulgado na revista Nature.

Nomeado de Epirigenys lokonensis, o animal era do tamanho de uma ovelha, pesava aproximadamente 100 quilos, o que é um vigésimo do tamanho do atual "hipopótamo comum", um gigante subsaariano.

Este animal não é um antepassado direto do hipopótamo atual, mas pertence a uma ramificação paralela. No entanto, ele viveu muito mais próximo do tempo no qual o ancestral de ambos, o Epirigenys e o hipopótamo, provém.

Análise da arcada dentária levou à equipe de cientistas a concluir que ambos vieram de um ancestral antracoterídeo, que migrou da Ásia à África há cerca de 35 milhões de anos.

Tudo isso significa que os ancestrais dos hipopótamos "estavam entre os primeiros mamíferos de porte grande que colonizaram o continente africano, muito antes de qualquer um dos grandes carnívoros, girafas ou bovinos, que chegaram apenas cerca de 18 milhões de anos atrás", afirma o relatório do estudo.

Fonte: DW
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...