quarta-feira, 29 de julho de 2015

Arqueólogos encontram duas obras faraônicas de 4 mil anos no Egito


O ministro de Antiguidades egípcio, Mamduh al Damati, anunciou neste domingo o descobrimento de duas peças faraônicas de quatro mil anos no templo de Serápis da rainha ptolomaica Berenice, no litoral do Mar Vermelho.

As peças, encontradas por arqueólogos poloneses, datam do chamado Império Médio (2050-1750 a.C.) e do Segundo Período Intermediário (1650-1550 a.C.), épocas muito anteriores à data de construção do atual templo, que é ptolomaico.

A primeira tem uma inscrição com o nome do rei Amenemhat IV, cuja era se caracterizou pela exploração de pedras preciosas turquesas e ametistas; enquanto a segunda, muito danificada, requer restauração, segundo a nota.

Os especialistas encontraram também em vários blocos de pedra, que serviam como suporte para as estátuas do templo, gravuras de flores e de uma deusa, assim como outros com textos em grego. Outros achados são três sepultamentos da época romana, além de partes da fachada do templo da rainha Berenice.

A missão polonesa, após analisar fotos tiradas por satélite, revelou a existência de um novo sítio arqueológico perto do porto de Berenice, que contém partes da base de um edifício estreito e longo com três plataformas retas.

O porto de Berenice foi estabelecido no início do século III a.C. pelo rei Ptolomeu II, que ordenou realizar viagens à costa oriental africana em busca de elefantes para serem utilizados nas guerras.

Fonte: Terra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...