sexta-feira, 8 de maio de 2015

Arqueólogos chineses descobrem tumba de antigo chefe de escola médica


Arqueólogos descobriram uma tumba antiga pertencendo a um médico de alto nível que viveu há mais de 700 anos na Província de Shaanxi, noroeste da China.

A recém-descoberta tumba, localizada em uma vila da cidade de Xi'an, capital da província, data da dinastia de Yuan (1271-1368), disse Duan Yi, professor associado do Instituto de Arqueologia da Província de Shaanxi.

Uma lápide com 665 palavras dentro da tumba revelou a identidade de seu proprietário, Wu Jing. Wu nasceu em uma famosa família de Ru Yi (médico confuciano) em Zhouzhi, agora um distrito de Xi'an.

Os médicos confucianos eram um grupo especial proficiente tanto em confucionismo quanto medicina, o que lhes dava um alto status naquele período.

Wu era de um posto responsável por serviços locais de medicina e de educação, semelhante a um chefe de escola médica de hoje, segundo a lápide.

Uma história foi registrada no túmulo na qual ele chegou a cortar um pedaço de carne de seu próprio braço para alimentar sua mãe doente e mostrar sua devoção filial.

"Essa tumba é uma descoberta importante que elucida aspectos desconhecidos da história médica e da cultura social na dinastia de Yuan", disse Duan.

A tumba é composta de uma passagem, uma porta e uma câmara de enterro. Velhas unhas de ferro, cinzas de madeira decomposta e resíduo de osso desconhecido foram encontrados na câmara, acrescentou. Um total de 76 objetos de enterro, incluindo cerâmica e jade, também foi descoberto na tumba.

Fonte: CRI Online
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...