terça-feira, 18 de março de 2014

Cientistas estudam interação entre geofísica e medicina


Em que altura é necessário tomar medicamentos? Quando devemos prestar mais atenção aos familiares? Será necessário mobilizar grupos adicionais da polícia? Especialistas de um centro científico na península de Kola, no noroeste da Rússia, tentam encontrar respostas para estas perguntas aparentemente tão díspares.

No centro são efetuadas pesquisas inovadoras na junção da geofísica e medicina. Cientistas estudam a influência do Espaço sobre os seres humanos, em particular as fulgurações solares e as tempestades magnéticas.

A cidade de Apatity, onde se encontra esse centro, situa-se na região ártica. O campo magnético da Terra faz com que as linhas de força por cima do Ártico formem uma espécie de funil por onde entram partículas solares e raios cósmicos que produzem as auroras boreais no céu e afetam os organismos humanos.

Os mais idosos e adolescentes são sobretudo sensíveis à influência do Espaço, diz uma investigadora do Centro de Kola, Alla Martynova:

“As crianças reagem mais emocionalmente a uma ou a outra situação. Algo influi no organismo jovem, a criança sente-se pior, torna-se menos atenta e perde a vontade de estudar”.

A intensidade dos raios espaciais é mais alta no Norte, provocando uma radiação adicional, capaz de levar a mutações. O sangue é o indicador universal do estado do organismo humano, que cientistas do Centro de Cola estão analisando com a ajuda de espectrofotômetro. As pesquisas revelaram que quanto maior é a atividade geomagnética, tanto mais viscoso se torna o sangue. Enquanto os hipotónicos se sentem bem em tais períodos, os hipertónicos devem tomar medicação.

Mas não são apenas as perturbações da magnetoesfera que são perigosas. O Centro de Kola estuda também as estatísticas médicas e policiais, cuja análise mostra que, após as tempestades espaciais, se registram perturbações cerebrais no homem, que provocam uma maior agressividade na conduta, diz a colaboradora científica do Centro de Kola, Natalia Belisheva:

“As últimas pesquisas provaram que suicídios, perturbações psíquicas, alcoolismo, em particular psicoses alcoólicas, estão ligados à atividade geomagnética e solar, a certos parâmetros do estado do meio interplanetário.”

De acordo com os cientistas, a ligação entre o homem e o Espaço é uma enorme orquestra em que cada pessoa é um determinado instrumento musical, influenciado pelo que acontece no Espaço.

Fonte: Voz da Rússia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...