sábado, 18 de janeiro de 2014

Cientistas solucionam o mistério das luzes de terremotos

Há uma coisa sobre terremotos que provavelmente você não sabia. Há séculos, avistamentos de luzes no céu momentos antes de grandes terremotos são relatos comuns.

Existe até um verbete da Wikipedia em inglês sobre o fenômeno, chamado de earthquake lights, e segundo ele, essas luzes no céu são avistadas próximas a áreas de atividade sísmica ou tectônica e erupções de vulcão.

Fenômenos como esse são pratos cheios para os teóricos da conspiração, especialmente porque durante muito tempo, a ciência foi incapaz de explicar que diabos eram aquelas luzes no céu que previam alguns desastres naturais.

As luzes, de acordo com os relatos, costumam ter formatos semelhantes aos de auroras, frequentemente são azulados - mas também se manifestam com um espectro de cores mais variável - e ficam visíveis por períodos de tempo que variam de segundos a dezenas de minutos.

Em 2010, o terremoto que atingiu o Chile foi precedido por luzes azuladas no céu parecidas com relâmpagos. Há até um vídeo bem impressionante que supostamente registrou o fenômeno:



Outro vídeo diz ser um registro de luzes coloridas no céu 30 minutos antes do terremoto que, em 2008, atingiu Sichuan, na China:



Verdadeiros ou não, o que importa é que a ciência já reconheceu os fenômenos como verdadeiras, mas pelo menos até recentemente, não era capaz de explicá-los. Mas um estudo publicado na última edição da revista Nature traz a solução para o mistério.

O geólogo Robert Thériault, do Ministério de Recursos Naturais de Quebec, avaliou dezenas de relatos considerados confiáveis sobre as luzes que datam desde 1600 atéos dias de hoje para encontrar padrões e semelhanças.

Ele descobriu que 63 dos 65 avistamentos relatados foram feitos perto de falhas geológicas, que nada mais é que uma "fratura" ou descontinuidade no volume da rocha.

Durante abalos sísmicos, os dois lados dessa fartura entram em fricção, e o estudo sugere que esse estresse produz cargas elétricas que podem interagir com a atmosfera e gerar as luzes.

A ideia é que esse conhecimento se espalhe - e ajude a salvar vidas. Se todo mundo soubesse que luzes esquisitas no céu podem anunciar um terremoto ou uma erupção vulcânica, talvez haja tempo de se abrigar em um lugar seguro.

Ainda que frequentemente elas sejam avistadas minutos antes ou mesmo durante os abalos sísmicos, muitos relatos também dão conta de cores no céu até mesmo algumas horas horas antes dos terremotos.

Fonte: Galileu
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...