terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Enguia elétrica controla presas à distância



Uma pesquisa da Universidade Vanderbilt, no Estado americano do Tennessee, descobriu que enguias elétricas usam suas descargas para controlar, à distância, o movimento de suas presas.

Os pesquisadores descobriram que as descargas elétricas liberadas pelas enguias fazem os músculos dos peixes e outras presas se contraírem e isto facilita a captura do peixe, paralisando-o ou fazendo-o "pular" e sair do lugar onde está escondido.

Kenneth Catania, que liderou o estudo, construiu pequenas arenas aquáticas para testar as habilidades de caça da enguia. No tanque, ele colocava uma enguia e um pequeno peixe. Quando a enguia via o peixe, liberava descargas elétricas que pareciam imobilizar a presa.

"Quando as descargas elétricas da enguia diminuem, quando a enguia fica cansada no final de seu ataque, você vê o peixe se contraindo, com uma contração para cada descarga", disse o pesquisador. "Isto nos mostra que a enguia alcança o sistema nervoso da presa, controlando seus músculos", acrescentou. O estudo foi divulgado na revista especializada Science.

Pares

Em outras observações das estratégias de caça da enguia, Catania notou que estas criaturas emitiam sequencias de descargas elétricas quando a presa não podia ser vista.

"As pessoas sabem, desde a década de 1970, que as enguias liberam estes pares de descargas (...), enquanto exploram, procurando por comida. Geralmente quando elas estão excitadas e sabem que existe comida por perto, mas não conseguem encontrar", disse. "Na verdade, isto gera uma contração muscular muito rápida e forte", afirmou Catania.

E esta contração faz o peixe "pular" e revelar onde estava se escondendo.

"Então, as enguias têm um jeito eficaz de induzir uma grande contração em suas presas. Você e eu não podemos ativar cada um dos músculos em nosso corpo de uma vez, mas as enguias podem fazer isso (remotamente) com suas presas."

"Elas podem imobilizar completamente a presa ou podem fazer a presa se mover, dependendo do que elas querem fazer", acrescentou.

Outros pesquisadores estão estudando as enguias no nível molecular, para descobrir como elas e outros peixes elétricos conseguiram "construir" uma bateria a partir de seus tecidos musculares.

Para Catania, as enguias são "animais fascinantes".

"Em primeiro lugar, é supreendente que elas possam gerar eletricidade. Usar isto para controlar o sistema nervoso da presa é incrível", disse.

Fonte: UOL
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...