sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Guerreiras antigas usavam maconha e tatuagens, diz estudo


Pesquisa revelou também que muitas crenças a respeito das amazonas são mitos.

Uma pesquisa feita por um grupo de historiadores da Califórnia garante que as amazonas - como eram conhecidas as mulheres guerreiras na Antiguidade - lutavam ferozmente como os homens da época, usavam maconha e tinham tatuagens pelo corpo. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, muitos mitos foram criados em torno dessas mulheres. Alguns acreditavam que elas eram contra os homens e matavam todos os que encontravam.

Outros dizem que elas eram lésbicas e, uma vez por ano, tinham relações sexuais com homens para tentar perpetuar a espécie, matando os bebês masculinos. Há quem diga que elas cortavam os próprios seios.

No entanto, esse estudo - que foi encabeçado pela historiadora Adrienne Mayor e se tornou um livro - garante que muitas dessas crenças são equivocadas.

Há comprovações artísticas e arqueológicas que mostram que elas se relacionavam com homens, assim como qualquer outra mulher. Além disso, diversas imagens mostram as amazonas lutando com armaduras que compreendem o formato de seus seios.

"Há milhares de obras de arte gregas antigas que mostram a amazona como uma mulher com peitos", diz Mayor. Sobre os homens, as amazonas matavam muitos deles, mas tinham relações amorosas com outros, ou seja, o ataque não era feito de maneira sexista.

A historiadora lembra ainda que a figura da amazona está voltando à cultura popular com personagens de séries como "Xena: a princesa guerreira", "Jogos Vorazes" e "Game of Thrones".

Fonte: Terra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...