domingo, 4 de janeiro de 2015

Os planetas descobertos em 2014 com potencial para abrigar vida

O site norte-americano Space.com publicou a lista dos maiores planetas com potencial de serem habitados (chamados de exoplanetas) fora do Sistema Solar, descobertos em 2014. Entre esses mundos, há planetas que parecem com a Terra e há outros, muito, muito maiores.

Agora, existem cerca de 2 mil exoplanetas descobertos.

A lista dos "melhores" segue abaixo:

"Primo" da Terra

O exoplaneta Kepler-186F, primeiro planeta conhecido de diámetro um pouco maior do da Terra e situado na zona habitável da sua estrela, foi descoberto em abril de 2014. Zona habitável é aquela área ao redor de uma estrela que permite a presença de água líquida na superfície do planeta. Kepler-186F foi descoberto pelo telescópio Kepler, da NASA, e é situado a 490 anos-luz da Terra, sendo o seu diámetro 10% mais largo do que o terrestre. Por isso a descoberta foi batizada de "primo" da Terra.

KeplerFoto: NASA/Ames/SETI Institute/JPL-Calltech

Um vizinho mais próximo

O planeta Gliese 832c, situado 16 anos-luz da Terra, também pode ser habitável. Os astrônomos descobriram que esse mundo é uma "superterra", sendo pelo menos cinco vezes mais pesada do que o nosso planeta. Mas há também a possibilidade de que Gliese 832c, que tem sua órbita em torno a um anão vermelho, pode se tornar um inferno de calor, como Vênus no Sistema Solar.

GlieseFoto: PHL/UPR Arecibo/NASA Hubble/Stellarium

"Planeta Godzilla"

O planeta Kepler-10c foi apelidado pelos seus descobridores de "planeta Godzilla" por se quase 17 vezes mais pesado do que a Terra. A diferença de Kepler-10c de outros planetas parecidos é que não é composto de gás, mas principalmente de rocha. Esse exoplaneta, situado a 560 anos-luz da Terra, tornou-se o primeiro representante de uma nova classe de exoplanetas, as "megaterras".

GodzillaFoto: CfA/David A.Aguilar

O planeta mais antigo

A descoberta do planeta Kapteyn b, uma megaterra na zona habitável de um anão vermelho a 13 anos-luz do nosso Sistema Solar. Tem cerca de 11,5 bilhões de anos de idade, sendo assim o planeta potencialmente habitável mais antigo que conhecemos.

Kapteyn bFoto: PHL/Arecibo/Aladin Sky Atlas

Um presente de Natal

Além disso, em dezembro de 2014, os cientistas anunciaram a descoberta do exoplaneta HIP 116454b, cerca de 2,5 vezes maior da Terra e situado a 160 anos-luz de nós.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...