quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Cientistas recriam espécie extinta de leão


Leão do Atlas foi extinto no século 20 e recriado por meio de reprodução controlada.

Uma leoa e seus filhotes foram clicados na manhã dessa segunda-feira no zoológico da cidade de Hanôver, região central da Alemanha. A mãe, Binta, patrulhava ao redor dos bebês que brincavam animadamente no gramado do local.

A prole é descendente de uma subespécie extinta de leão, o leão do Atlas, também conhecido como leão da Barbary. Natural de regiões montanhosas da Europa, o animal foi muito utilizado no Coliseu romano.

Segundo registros históricos, o último leão do Atlas foi morto ainda no século 20. Desde então, foram encontradas outras espécies consideradas híbridas, com partes do gene do antecessor, em um reduto natural no Marrocos.

Foi iniciado um processo para recriação da subespécie através da reprodução controlada, e estes pequenos filhotes, nascidos no primeiro dia de julho, são resultados desse projeto que salvou a espécie. A iniciativa também pretende reintroduzir o animal à natureza.

O leão do Atlas é um dos maiores e mais pesados de todos os leões, e uma de suas características é a juba do macho muito mais longa, espessa e de cor preta. As jubas mais longas podem chegar até os pés do animal.

Fonte: Band
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...