segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Aeromoça pede para passageiros dispensarem suas drogas antes de aterrissar


Uma companhia aérea australiana divulgou um comunicado se desculpando pelo aviso que uma comissária de bordo deu aos passageiros de que haveria cães farejadores de drogas à espera de todos no aeroporto de Sydney e o melhor a se fazer era descartar qualquer substância ilegal que tivessem a bordo.

Muitos dos 210 passageiros no voo da Jetstar tinham curtido um festival de música em Byron Bay e estavam retornando para casa. “Foi nos dito que cães farejadores e vários oficiais estavam à espera de nós no terminal doméstico”, revelou uma das testemunhas ao The Daily Telegraph. “Se alguém precisa se dispor de qualquer coisa que não deva ter, sugerimos que deem descarga nisso agora”, teria informado a funcionária.

O jornal acrescentou que o alerta causou uma verdadeira corrida aos banheiros. O porta-voz da empresa Stephen Moynihan afirmou que o público teve uma resposta mal interpretada do anúncio, já que a companhia costuma avisar rotineiramente quando há quarentena nesses voos que atravessam fronteiras estaduais. “As palavras do membro da tripulação foram mal escolhidas e estão claramente em desacordo com os padrões profissionais da nossa equipe. Pedimos desculpas aos clientes ofendidos pelos comentários.”

A Jetstar revelou que abordou o assunto com a aeromoça, mas não fez nenhuma ação disciplinar. Apesar de alguns comentários negativos, a companhia recebeu várias mensagens de suporte pela atitude da comissária. “Está ai uma boa samaritana, Jetstar Australia essa pessoa merece uma promoção”, escreveu um. “Claro que você deve avisar seus passageiros, para ajudar a evitar que eles sejam humilhados, presos ou multados”, acrescentou outro.

Fonte: Pop
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...