domingo, 20 de julho de 2014

Expedição encontra cinco navios naufragados na Primeira Guerra Mundial


A expedição internacional da Grande Guerra Cem Anos de Silêncio, composta por exploradores finlandeses e russos, criada no marco da Ação Patriótica, é dedicada à busca de navios naufragados da Marinha russa, como parte da comemoração do centenário de início da I Guerra Mundial.

Seu presidente, Nikolai Kovaliov, anunciou uma descoberta histórica no Golfo da Finlândia. A 50 quilômetros ao sul da ilha de Hanko, foram encontrados dois lendários caça-minas russos afundados durante a Primeira Guerra Mundial. 

A descoberta foi possível graças ao trabalho de mergulho profundo no local de abate do caça-minas Provodnik, o primeiro navio afundado no mar Báltico no início da guerra, assim como do caça-minas Vzryv, afundado em 1916.

Kovaliov disse que o caça-minas Provodnik foi neutralizado em agosto de 1914, enquanto dragava um dos primeiros campos de minas colocados pelos alemães na primeira fase das hostilidades. "O navio encontra-se a uma profundidade de cerca de 90 metros, na foz do Golfo da Finlândia. 

A bordo foram encontrados os restos mortais de 11 membros da tripulação (…). O caça-minas Vzryv naufragou em maio de 1916 ao trabalhar sobre um campo minado, levando consigo a vida de 19 marinheiros. O esqueleto do navio se encontra a uma profundidade de 65 metros".

Durante a expedição, foram encontrados mais três navios naufragados, que se encontram em profundidades de 65 a 95 metros.

Fonte: History
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...