terça-feira, 20 de maio de 2014

Arqueólogos acreditam ter achado embarcação usada por Colombo perto do Haiti


Especialistas dos EUA acreditam ter encontrado a embarcação "Santa Maria" de Cristóvão Colombo nas profundezas do Caribe perto do Haiti, o que poderia ser uma das descobertas submarinas mais importantes, revela nesta terça-feira o jornal "The Independent".

Segundo o jornal, uma equipe liderada pelo arqueólogo submarino Barry Clifford acredita que os restos da caravela estão no fundo do mar ao norte do litoral do Haiti, após analisar fotografias tiradas durante uma pesquisa prévia há mais de dez anos, junto com outras de uma recente missão de reconhecimento.

"As provas geográficas, de topografia submarina e arqueológicas sugerem com força que este naufrágio corresponde à famosa embarcação de Colombo, a Santa Maria", dise Clifford, cuja equipe realizou neste mês uma expedição de reconhecimento.

"O governo haitiano foi extremamente útil e agora precisamos seguir trabalhando com eles para fazer uma escavação arqueológica detalhada", acrescentou.

Até o momento, segundo acrescenta o jornal, a equipe de Clifford realizou medições e tirou fotografias no local.

A tentativa de identificação da Santa Maria foi possível a partir de várias pesquisas realizadas por arqueólogos em 2003, que sugeriam o lugar provável do naufrágio.

Com esta nova informação, Clifford pôde utilizar dados das notas de Colombo para deduzir onde os restos deveriam estar, acrescenta a informação publicada na página digital do jornal.

Uma expedição realizada por sua equipe há dez anos já tinha tirado várias fotografias dos restos, mas nesse momento não conseguiram estabelecer a identidade.

Mas uma nova análise das fotografias submarinas tomadas na primeira expedição de 2003, junto com dados obtidos por uma expedição de reconhecimento submarina no começo deste mês, permitiu a Clifford identificar que os restos provavelmente correspondem a Santa Maria.

As provas, acrescenta o "The Independent", são importantes, levando em conta que a localização coincide com as notas de Colombo.

Nos últimos anos, a equipe de Clifford utilizou magnetômetros e outros instrumentos para tentar encontrar o Santa Maria perto do litoral do Haiti.

"Informamos ao governo haitiano sobre nossa descoberta, e esperamos trabalhar com eles e outros colegas haitianos para assegurar que o lugar é protegido e preservado. Será uma oportunidade maravilhosa trabalhar com as autoridades haitianas para preservar a evidência e os artefatos do navio que mudou o mundo", afirmou Clifford em declarações que publica o diário.

O arqueólogo submarino expressou sua confiança de que uma vez realizadas as escavações e dependendo do estado das madeiras, será possível finalmente retirar os restos da embarcação, para que depois sejam expostos em um museu do Haiti.

Clifford é um dos exploradores submarinos mais experientes do mundo já que realizou estudos de vários restos históricos em distintas partes do mundo durante anos.

"Uma escavação será necessária a fim de encontrar mais provas e confirmar" que se trata do navio, afirmou o professor Charles Beeker, da Universidade de Indiana (EUA), que acompanhou Clifford na recente expedição de reconhecimento em águas do Haiti.

Várias semanas após chegar ao Caribe em 1492, a "Santa Maria", com Colombo a bordo, ficou à deriva ao norte do Haiti e a embarcação teve que ser abandonada.

Fonte: Yahoo!
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...