terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Adeptos de musculação e anabolizantes planejam fundar a “Igreja do Santo Anabolismo”


Ainda que continue um assunto polêmico, principalmente no aspecto da isenção tributária das igrejas, a liberdade religiosa é garantida pela Constituição Federal e permite oficialmente a criação de novas seitas. Contudo, mesmo que se respeite plenamente este direito, o surgimento de novas religiões, no mínimo, inusitadas chama a atenção de todos.

Apesar de soar como exagero, os fieis e, principalmente, os fundadores da “Igreja do Santo Anabolismo” garantem que sua fé é legítima e suas atividades totalmente voltadas para fins espirituais – ainda que sua sede, no bairro Itaim Bibi, em São Paulo, possua todos os equipamentos encontrados em uma academia de musculação.

“Como diz aquele ditado, ‘corpo são, mente sã’. Na nossa Igreja as pessoas vão poder cuidar da alma, da mente e do corpo. Essa é a nossa Santíssima Trindade”, afirma um dos fundadores, Thiago Santos Gouvêa, o “Bigorna” – apelido que ganhou na época em que era professor de uma academia no interior do estado.

Além das áreas para a prática de musculação e outros exercícios físicos, a entidade abrigará uma espécie de restaurante voltado a fornecer alimentação saudável e suplementos para os seguidores cadastrados, e um espaço mais amplo para reuniões e cultos.

Perguntado sobre o nome polêmico, uma referência direta ao uso de esteroides anabolizantes (substância que promove o crescimento muscular), Bigorna enfatiza que nem todos os frequentadores são fisioculturistas, mas defende que “a busca pelo corpo perfeito é abençoada por Deus”.

Roberto Fernandes, o “Betão”, membro do conselho da entidade, completa: “Jesus Cristo só se alimentava de coisas saudáveis e com certeza queimava muita caloria nas suas caminhadas, isso é a maior prova de que Deus quer que a gente cuide do nosso corpo, afinal ele é nosso templo.”

“A gente só não gosta de comparações e piadinhas como por exemplo quando chamam a gente de ‘wheyvangelicos’”, conclui, mencionando um trocadilho com o nome popular da proteína do soro do leite, utilizada como suplemento alimentar por praticantes de musculação.

Fonte: SP Fitness
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...