sábado, 4 de janeiro de 2014

Projeto que quer colonizar Marte seleciona primeiros mil candidatos


O projeto de um empresário holandês para colonizar Marte selecionou seus primeiros 1.058 candidatos, que passaram à próxima fase de seleção que pretende levar homens e mulheres para viverem e morrerem no planeta vermelho. O objetivo do projeto é levar grupos de quatro pessoas a Marte a partir de 2023.

Mais de 200 mil pessoas se candidataram a uma vaga até o fim das inscrições, em 31 de agosto, e a única exigência era ser maior de 18 anos. Dos selecionados, 297 são dos Estados Unidos, 75 são do Canadá, 62 são da Índia e 52 são da Rússia. Ao todo, foram selecionados candidatos de 107 países diferentes.

A pessoa mais velha selecionada tem 81 anos - 357 candidatos têm menos de 25 anos, 415 têm entre 26 e 35 e 26 pessoas têm mais de 56 anos. Cerca de 55% dos selecionados são homens. Do total, 77% têm empregos e 15% são estudantes.

"As próximas fases de seleção, em 2014 e 2015, incluirão testes rigorosos, muitos em grupo, com foco em examinar as capacidades físicas e emocionais de nossos candidatos", disse o chefe médico do projeto Mars One, Norbert Kraft.

O projeto enfrenta muito ceticismo, mas entre seus apoiadores está o Nobel holandês Gerard't Hooft, ganhador do prêmio de Física em 1999, que aparece em um vídeo promovendo a Mars One no site de financiamento coletivo Indiegogo.

Até agora, as agências espaciais ao redor do mundo só conseguiram enviar sondas robóticas a Marte, sendo a última a Curiosity, da Nasa, estimada em US$ 2,5 bilhões, e que pousou no planeta vermelho em agosto de 2012. Se for bem sucedida, a Mars One será a primeira iniciativa privada, tripulada ou não tripulada, a explorar outro planeta.

Fonte: Terra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...