sábado, 4 de janeiro de 2014

Conheça os costumes mais estranhos do mundo para o Ano Novo


Os moradores de Talca, no Chile, gostam de celebrar a virada do ano no cemitério, em companhia dos seus parentes falecidos. Esse costume foi eleito o mais estranho do mundo para o Ano Novo, de acordo com recente pesquisa realizada pelo Badoo, a maior rede social para conhecer novas pessoas.

O Badoo perguntou para 7.200 usuários, em 18 países, qual seria o costume mais estranho para se celebrar o Ano Novo, e também qual seria o mais divertido.

A tradição chilena foi eleita como a mais estranha, superando: tentar ouvir animais falando (Romênia); bater um pão nas paredes para espantar maus espíritos (Irlanda) e jogar móveis para fora da janela (África do Sul).

O costume de Talca, de encontrar-se no cemitério municipal na véspera de Ano Novo, começou quando uma família invadiu o local na última noite do ano, para ficar perto de seu falecido patriarca.

Desde 1995, tem sido uma tradição: o prefeito da cidade agora abre os portões do cemitério cerca de onze da noite, na véspera do Ano Novo, após o término da missa, e milhares de moradores se reúnem para celebrar com os parentes e amigos mortos. O local é iluminado com velas, enquanto uma música clássica é tocada.

Essa tradição de Talca, no entanto, também reflete um costume latino-americano de se lembrar dos mortos no Dia de Finados, normalmente no início de novembro.

"Não é um momento triste, mas uma maneira maravilhosa e alegre para as famílias se reunirem e preservarem a memória dos entes queridos que já faleceram", diz Maria Andrade, editora do site www.dayofthedead.com e autora do livro "Dia dos Mortos: Uma paixão pela Vida".

"A crença de que a alma volta a cada ano, para ser homenageada pelos parentes, é um legado das civilizações pré-hispânicas que acreditavam na vida depois da morte", completa Andrade. A tradição tem muitas variações locais em toda a América Latina. Em Talca, a véspera de Ano Novo é considerada um momento particularmente bom para honrar os espíritos dos mortos.

Se por um lado a eleição do mais estranho costume foi para a reunião no cemitério de Talca, a escolha da celebração de Ano Novo "mais divertida" foi para uma tradição de Veneza, na Itália: nessa cidade, os foliões reunidos na Praça de São Marcos criaram um costume de tocar os lábios na véspera da virada do ano, para realizar o maior beijo em massa do mundo. O que começou como um evento organizado, depois evoluiu para um costume mais informal.

Outras curiosidades no Ano Novo

Em segundo lugar na pesquisa do Badoo para o costume mais estranho de Ano Novo, ficou o ritual romeno, praticado principalmente pelos agricultores, de tentar ouvir os animais falarem.

Se a pessoa tem sucesso é um mau presságio, mas se ela falhar, é um bom sinal. Já o terceiro lugar foi para o costume irlandês de bater o pão de Natal nas paredes e portas da casa à meia-noite, a fim de dissipar os maus espíritos e a má sorte que elas trazem.

Ocupando o quarto lugar na pesquisa, ficou a tradição de arremessar móveis pela janela. Ele é praticado com mais entusiasmo no distrito de Hillsboro de Joanesburgo, África do Sul, onde os moradores dão as boas-vindas ao Ano Novo arremessando de tudo na rua, desde micro-ondas antigos até camas inteiras, muitas vezes de edifícios altos, fazendo com que a polícia local tome precauções de segurança.

A tradição também é observada em partes do sul da Itália, onde os moradores não querem ficar com velharias para o próximo ano e assim defenestram esses objetos indesejados.

O quinto lugar foi para o costume siberiano de cortar um buraco no gelo que cobre o Lago Baikal e mergulhar nele enquanto se carrega uma árvore (nota: apenas mergulhadores profissionais podem participar).

Em seguida, no sexto lugar do ranking, ficou a cidade americana de Brasstown, Carolina do Norte, onde um gambá em uma caixa transparente é abaixado sobre uma multidão ruidosa. Isso faz com que Brasstown seja reconhecida como "a capital mundial dos gambás".

Fonte: Segs
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...