quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Moçambique: Idosos acusados de feitiçaria assassinados

Vinte e cinco idosos foram assassinados, acusados de feitiçaria, no distrito de Marromeu, província de Sofala, centro de Moçambique, no primeiro semestre deste ano, informaram hoje as autoridades locais.

Segundo o administrador de Marromeu, Simões Zalembessa, o número de idosos mortos de janeiro a junho deste ano ultrapassa o número de homicídios de idosos registrado em todo o ano passado, em que morreram 24 idosos.

"É proibido ser idoso em Marromeu. Ouvimos dizer que Marromeu é líder em homicídios voluntários contra a pessoa idosa", afirmou o governador da província de Sofala, Félix Paulo, comentando as estatísticas sobre homicídios de idosos naquele distrito.

O assassínio de idosos nas zonas rurais moçambicanas é geralmente perpetrado pelos seus parentes, normalmente filhos e netos, que os acusam de feitiçaria e responsáveis por desavenças familiares e "falta de sorte na vida".



Fonte: Diário Digital
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...