segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Fósseis de animais pré-históricos gigantes são achados na Venezuela

Crânio de 'tatu', fêmur de mamute e mandíbula de lobo são exemplos. País não é rico apenas em petróleo e gás, acreditam paleontólogos.

A Venezuela tem um solo não só rico em petróleo e gás, mas também em fósseis de animais pré-históricos, apontam novas descobertas feitas na capital, Caracas.

Entre os ossos encontrados no país, e apresentados nesta sexta-feira (30), estão o crânio de um gliptodonte (ancestral do tatu), o fêmur de um mamute, parte do bico de um pássaro gigante, um peixe e a mandíbula de um lobo.

Pesquisadores já haviam achado no país o fóssil de um "parente" de tatu do tamanho de um Fusca, um crocodilo maior que um ônibus, um mastodonte (espécie pré-histórica de 3 metros de altura que lembra os elefantes modernos) de seis toneladas e um tigre-dente-de-sabre.

Crânio de gliptodonte encontrado em Caracas, na Venezuela
Acima, parte do bico de um pássaro gigante fossilizado descoberto na Venezuela;
na imagem abaixo, o fóssil de um peixe
Fósseis de ossos da mandíbula de um lobo encontrados em Caracas
Parte do fêmur de um mamute achado na Venezuela
Paleontólogo venezuelano Ascanio Rincón mostra o crânio de um gliptodonte
Ilustração mostra como seria o gliptodonte, 'parente' do tatu que chegava a medir 3 metros;
extinção de espécie latino-americana pode ter ajudado a empobrecer solo da Amazônia

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...