quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Sítios arqueológicos intrigam por pedras fálicas gigantes



Segundo a publicação, pedras em formas de pênis apontam para aquelas com buracos no meio – sugerindo a penetração.

Cerca de 100 sítios arqueológicos nas Montanhas Eliat, em Israel, intrigam cientistas ao apresentarem pedras de mais de 8 mil anos com formas fálicas.

Pedras de até 2,5 metros no local, que fica no deserto de Negev, possuem formatos que sugerem remeter ao pênis e à vagina de humanos. As informações são do Daily Mail.

Segundo a publicação, pedras em formas de pênis apontam para aquelas com buracos no meio – sugerindo a penetração.

Apesar disso, os cientistas ainda tentam entender para que serviriam os sítios. As primeiras especulações giram em torno da ideia de que foram usados por cultos de adoração da fertilidade e da morte. Também considera-se que sacrifícios de animais ocorreram no lugar.

"Levando-se em consideração a topografia, as condições ambientais e do pequeno número de habitações neolíticas conhecidos, no Negev, a densidade de locais de culto nesta região é fenomenal”, diz o artigo da equipe, publicado no Jornal da Sociedade Pré-Histórica de Israel.

Fonte: Terra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...