quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Governo demolirá casa para "libertar o fantasma de menina assassinada"



O pedófilo Mark Bridger cometeu um dos assassinatos mais macabros dos últimos anos: ele sequestrou April Jones, de 5 anos, abusou sexualmente dela, queimou o corpo e tentou fugir.

A busca pelo corpo de April foi uma das maiores da história do Reino Unido, e custou mais de R$ 30 milhões, mas ele nunca foi encontrado.

A polícia condenou Mark à prisão perpétua pelas fotos de pedofilia em seu computador e nos restos de sangue e ossos de April encontrados na lareira e na sala da casa dele. Agora, a casa onde o crime chocante ocorreu será demolida, pois a família quer que o "espírito dela seja livre".

Os trabalhadores responsáveis pela obra já estão assustados, pelo fato do fantasma de April estar presente após o acontecimento brutal.

Enquanto colocavam andaimes para remover o telhado, os funcionários do governo afirmaram que ouviram gritos estranhos no local e precisaram de muita coragem para continuar o serviço.

A casa até ganhou um apelido nada carinhoso: "casa dos infernos". O crime ocorreu em abril de 2012, e Mark foi julgado e condenado em maio de 2013.

Apesar de confessar que matou April, Mark nunca revelou o que fez com o corpo e muitos suspeitam que ele esteja enterrado em algum compartimento escondido da casa.

A possibilidade não foi totalmente descartada, mesmo com as buscas incessantes empreendidas pela polícia.

Mas investigadores acham mais provável que ele tenha desmembrado o corpo, o queimado e espalhado os pedaços em lugares remotos. Uma das maiores e mais caras buscas da história inglesa foi empreendida nesse caso.

Com a demolição, a família espera que o "espírito de April finalmente esteja livre". Acredita-se que o governo local tenha pago mais de R$ 600 mil para adquirir a casa e demoli-la.

Os governantes também não esconderam a satisfação com a demolição: "Será uma grande ferida cicatrizada", afirmou um dos vereadores da cidade. O caso chocou o mundo todo pela brutalidade com que foi cometido. O local foi proibido para visitação para não atrapalhar as investigações.

Fonte: R7
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...