segunda-feira, 16 de junho de 2014

Livro encadernado com pele humana é encontrado em Harvard


Na biblioteca da Universidade de Harvard foi descoberto um antigo livro com capa feita em pele humana. Após ter examinado a obra do escritor francês do século XIX Arsène Houssaye, intitulada "Des Destinées de l'Ame" ("Os Destinos da Alma"), os especialistas confirmaram: o livro foi realmente encadernado com pele humana. Pelo menos, têm 99,9% de certeza.

O autor carateriza seu livro como "reflexões sobre a alma e a vida após a morte". De acordo com a CNN, em meados da década de 1880, Houssaye ofereceu esta obra a seu amigo, o médico Ludovic Bouland, o qual encadernou o livro com pele de uma paciente não identificada, vítima fatal de acidente vascular cerebral. Bouland explicou seu ato deixando uma nota manuscrita no interior do livro. "Este livro é sobre a alma humana e merece ter uma veste humana", escreveu ele.

Hoje em dia, a história parece ser chocante, mas no século XIX as capas em pele humana não eram consideradas como algo pervertido. Essa prática era conhecida desde o século XVI. Às vezes, os depoimentos de criminosos, reunidos num volume, eram encadernados com a pele dos próprios réus. Havia também pessoas que pediam para ser "imortalizadas" dessa maneira depois de morrerem, com o propósito de deixar uma lembrança para seus familiares e amigos.

Voz da Rússia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...