segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Múmia egípcia datada de antes de cristo é encontrada em lixeira de Paris


“Alerta aos filantropos de plantão: que tal financiar a restauração de uma autêntica múmia egípcia?” O anúncio publicado no site da Fundação do Patrimônio Francês convoca interessados em colaborar financeiramente com a restauração da múmia Ta Iset de Rueil Malmaison. Descoberta há mais de dez anos em um latão de lixo na Rueil Malmaison, subúrbio de Paris, Ta Iset significa “de Ísis”, em uma referência à grande deusa da mitologia egípcia.

A múmia é supostamente originária do século I ou III antes de Cristo. Foi encontrada casualmente por uma moradora do local que, em princípio, pensou retorná-la ao lixo. A mulher desconhecida foi impedida por funcionários da municipalidade. Por coincidência, eles se encontravam no local e no momento certo.

O estranho objeto foi levado ao Museu de História local. Dali, seguiu para o Museu do Louvre, onde, após meses de análises, acabou sendo autenticada pelos especialistas. A múmia é o corpo preservado de uma menina egípcia de pouco menos de um metro de altura, mumificada aos cinco anos, com esqueleto em excelente estado de conservação.

As inscrições funerárias em seu ataúde de madeira sugeriram o nome Ta Iset, como se tornou conhecida. Especula-se que a múmia tenha chegado ao território francês como uma lembrança de um oficial de Napoleão que, depois de servir ao governo egípcio, regressou em 1857 a Reil Malmaison. Seus herdeiros, aparentemente desconhecendo o valor do objeto e sem saber como armazená-lo, decidiram se livrar dele, jogando-o no lixo. Por sorte a múmia foi resgatada a tempo.

Fonte: Seu History
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...