quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Mar virou deserto: fóssil de baleia de 33 milhões de anos é exposto no Egito



O maior fóssil intacto da baleia "Basilosaurus isis" é exposto no Museu de Fósseis e Mudanças Climáticas Wati El Hitan, no oásis de Fayoum, no Egito.

O governo inaugurou o primeiro museu de fósseis no Oriente Médio no local considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, na tentativa de atrair turistas, afugentados pelos recentes ataques de radicais no país. O animal foi um cetáceo pré-histórico que viveu entre 34 e 39 milhões de anos atrás, considerado antigo parente dos golfinhos e baleias atuais.

Este fóssil gigante é de uma baleia e está exposto do lado de fora do Museu de Fósseis e Mudanças Climáticas Wati El Hitan, no oásis de Fayoum, no Egito.

O local foi construindo no chamado Vale das Baleias, localizado a cerca de 170 km de Cairo. O Museu de Fósseis e Mudanças Climáticas Wati El Hitan tem um formato interessante e fica no oásis de Fayoum, no Egito, local considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Nele, estão expostos fósseis gigantes de baleias e outros animais pré-históricos. É uma tentativa do governo egípcio de atrair turistas, afugentados pelos conflitos armados ocorridos no país.

Visitante observa fóssil gigante de uma baleia "Basilosaurus isis" exposta no Museu de Fósseis e Mudanças Climáticas Wati El Hitan, durante a sua inauguração, no oásis de Fayoum, no Egito, local considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Fonte: UOL
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...