sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Continuam buscas por novos pedaços do meteorito de Chebarkul

A sorte sorriu novamente para os mergulhadores que estão buscando o meteorito que havia caído no fundo do lago de Сhebarkul. Nas últimas 24 horas, especialistas levantaram do lago dois pequenos fragmentos do bólido e descobriram no fundo mais um grande destroço.

Os trabalhos de levantamento do meteorito terminam em 4 de outubro, mas já hoje os cientistas têm materiais para investigar, diz a secretária de imprensa do Ministério da Segurança Radiativa e Ecológica da cidade de Сhelyabinsk, Marina Alexandrova:

“Oito fragmentos foram levantados do fundo do lago de Chebarkul. Não são tão grandes como esperamos, mas estão nas nossas mãos. Todos os fragmentos foram estudados por especialistas da Universidade de Chelyabinsk. Cientistas confirmaram que quatro deles têm características de objetos de origem espacial, isto é de um meteorito de pedra”.

Atualmente, mergulhadores estão tentando chegar quase sem intervalos e dias de folga, em escuridão e através de camadas de lodo, à pedra misteriosa que foi descoberta. As buscas tiveram de ser aprofundadas: os especialistas já desceram a uma profundidade superior a 18 metros dos inicialmente supostos 14 metros em relação à superfície do lago.

O tempo não favorece também a operação: chuvas matinais são seguidas de um vento forte e pequenas tormentas que podem ocorrer durante poucas horas solares. Parece que a própria natureza pretenda impedir as buscas do meteorito, consideram habitantes locais. O dia 15 de fevereiro, quando o corpo celeste explodiu por cima de sua cidade, nunca será esquecido, partilha suas lembranças Lyudmila:

“Inesperadamente, vi uma fulguração. Pensei mesmo que começou uma guerra. A nuvem formada se tornava cada vez mais ampla e apanhei grande susto. Mais tarde, foi transmitido um comunicado pela rádio de que um avião havia explodido por cima de Chelyabinsk. Já depois ouvi dizer que havia caído um meteorito”.

Para Maxim, um escolar do oitavo ano, a queda do meteorito no lago da sua cidade natal foi a maior aventura em sua vida ainda curta:

“Tivemos aulas de esporte, quando vimos uma forte fulguração no céu. Depois houve uma explosão. Primeiro todos pensaram que havia caído um avião ou um foguete, mas o nosso professor explicou que foi a queda de um meteorito. Ficámos muito assustados. Nas aulas seguintes – de informática, começámos a ler tudo sobre meteoritos na Internet”.

O rapaz confessou que naquele dia mal aguardou o fim das aulas para correr junto com amigos para o lago, onde o meteorito havia caído. Mas os jovens não conseguiram encontrar fragmentos do bólido. Um poeta local, Alexander, teve maior sorte:

“Eu me aproximei da janela no momento da queda do meteorito. Um fragmento arrombou a chaminé da minha casa e penetrou por dentro através do postigo de uma janela. Agora a pedra está na minha casa e não vou dá-la a ninguém”.

Como supõem especialistas, o fragmento do meteorito descoberto no fundo do lago pode pesar algumas centenas de quilogramas. Mergulhadores prometem levantá-lo até 4 de outubro.


Fonte: Voz da Rússia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...